• indice

  • siga-nos twitter

CCE

O CCE, esporte de origem Européia, teve como principal intuito colocar em competição os cavalos da época, que freqüentemente participavam de guerras, o que também deu o nome a esse esporte de “cavalo d’armas”, o qual buscava o animal mais completo possível. Estes cavalos deveriam ser ágeis, rápidos, obedientes, resistentes e corajosos.

Com o passar do tempo as guerras foram acabando e o esporte continuou crescendo, atingindo seu patamar mais elevado quando se tornou esporte olímpico. Então o CCE, concurso completo de equitação, pode ser definido sucintamente como “Triatlon Eqüestre”, onde em apenas 03 dias, o cavalo e o cavaleiro devem mostrar a elegância e precisão do adestramento, a coragem e o preparo físico na prova de cross-country e a flexibilidade na última prova, a prova de salto de obstáculos.

No primeiro dia, desenvolve-se uma prova de adestramento que exige do conjunto a execução de exercícios em perfeita harmonia, como uma prova de submissão e habilidade, na qual o conjunto executa uma seqüência pré-estabelecida de movimentos.

No segundo dia, desenvolve-se o “cross-country”, uma prova que exige muito preparo físico e resistência. Essa prova é dividida em 04 etapas:

Na etapa A, o cavalo trota de 20 a 30 minutos, para aquecer seu animal.

Sem intervalo, inicia-se a etapa B, ou prova de fundo, também denominada “steeple-chase”, onde o animal salta de 6 a 8 obstáculos em uma velocidade bem elevada.

Na etapa C, que dura de 40 a 50 minutos, o conjunto percorre um percurso, entretanto, o objetivo é de descansar e recuperar o animal. E por esta razão, há equipes de apoio veterinário que irão avaliar o estado do animal. O cavalo poderá receber nesta fase, água, ducha, massagens, e um característico “check up”.

Na última etapa, a etapa D (ponto mais alto da competição do segundo dia), há cerca de 35 obstáculos rústicos e naturais espalhados em um campo aberto, onde o conjunto deverá mostrar toda sua coragem e franqueza saltando-os.

CCE

No terceiro dia, o conjunto se submeterá a mais uma prova, porém de um modo mais clássico, em um picadeiro, como em provas de saltos tradicionais, havendo é claro, as particularidades do CCE. O conjunto deve mostrar ao público sua habilidade e flexibilidade nos 10 obstáculos. E assim termina mais uma prova do Concurso Completo de equitação.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: