• indice

  • siga-nos twitter

Brasil aposta forte nos JEM do Kentucky e nas Olimpíadas de 2012

Em fins de 2009, foram vendidos para o Brasil cavalos de topo de saltos de obstáculos, sendo a principal razão a participação de uma equipa brasileira poderosa nos Jogos Equestres Mundiais do Kentucky, Jogos Pan Americanos e nas Olimpíadas de 2012.

TOMBOY

Álvaro Afonso de Miranda Neto comprou o castrado KWPN de 11 anos Tomboy, que no ano passado com o holandês Eric van der Vleuten, conquistou quatro importantes Grandes Prémios: Grande Prémio Taça do Mundo de Londres, Grande Prémio do CSI3* de Gesteeren, Grande Prémio do CSI3* de Humilkon e o G.P. do CSI2* de Roggel. Contribuiu para a vitória da Holanda na Taça das Nações de Copenhaga. Nesta transacção foi fundamental a contribuição de Atina Onassis, sua mulher, bem como a intervenção do “marchand” holandês Jan Tops.

UNIQUE

Segundo o olímpico suíço Pius Schwizer, o castrado Unique foi vendido para São Paulo, não se sabendo até ao momento quem o irá montar. Unique claramente um reforço interessante para o Brasil, em 2009 venceu em Londres, Aachen e Roterdão provas a 1,50m. Em 2008 ganhou o Grande Prémio do CSI3* de Dortmund e em 2005 e 2006 contribuiu para o triunfo da Suíça na Taça das Nações de Roterdão.

RENZO LA SILLA

Rodrigo Pessoa já com uma forte quadra de cavalos de Grande Prémio, viu a sua equipa aumentada, quando a Double Farm adquiriu para o cavaleiro o garanhão de 10 anos Renzo la Silla. Actualmente o tri campeão do mundo monta o olímpico Rufus, Night Train, Let’s Fly e Palouchin.

CORNET D´AMOUR

Pedro Veniss vai montar Cornet d’Amour de 7 anos com potencial para estar nos JEM de Kentucky. Actualmente o brasileiro conta com a égua ruça BWP de 10 anos Amaryllis com a qual já conquistou três Grandes Prémios em 2009.

BRASIL COM EQUIPAS NAS 7 ÚLTIMAS OLIMPIADAS

Interessante a dinâmica e estratégia do Brasil, que contou com equipas nas Olimpíadas de Atenas, Sidney, Atlanta, Barcelona, Seul e Los Angeles.

Em Sidney a formação composta por Rodrigo Pessoa (Baloubet du Rouet), Luis Felipe de Azevedo (Ralph) e Álvaro Afonso de Miranda Neto (Aspen), conquistaram o bronze.

Em Atlanta repetiram o bronze com uma equipa formada por Rodrigo Pessoa (Tomboy IV), Álvaro Afonso de Miranda Neto (Aspen), Luis Felipe de Azevedo (Pharaon) e André Johanpetter (Calei Joter).

Tudo indica, que os brasileiros com estas novas aquisições terão boas possibilidades de conquistar um lugar no pódio nas Olimpíadas de 2012.

IMPORTANTES REFORÇOS PARA ESPANHA

Até a vizinha Espanha reforçou as suas quadras recentemente, com aquisição de Jarnac e Victory vh Hazelarenhoekj para Julio Arias, Acantus para Manuel Anon e Gold Digger para Fernandez Duran.

Nós por cá continuamos neste “marasmo desportivo” do faz de conta, sem apoios federativos e a intervenção dos poderes públicos, para garantirmos uma equipa nos Jogos Equestres Mundiais e nas Olimpíadas, já para não falar na Taça das Nações, dependendo da generosidade e do esforço de particulares.

É Portugal no seu melhor!

No Brasil a “Ordem e Progresso”!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: